Detalhe Livro
Disponível

Neurociência do Amor

Dr. Fernando Gomes Pinto

Descrição

Pode a Ciência explicar o amor? Dr. Fernando Gomes Pinto, neurocientista consultor do Encontro com Fátima Bernardes, explica o que acontece com o nosso cérebro quando estamos apaixonados. O instinto, o encantamento, a neuroquímica da paixão, o amor eterno; estes são alguns dos assuntos deste livro inspirador, inovador e repleto de neurodicas. Quanto tempo dura o amor? Atividade física pode melhorar o desejo sexual? Qual a importância da inteligência emocional? Quais são os efeitos da paixão no nosso corpo? Como esquecer um grande amor? Como controlar o estresse e a ansiedade? Durante a paixão o sistema de recompensa fica com mais dopamina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar. Um simples elogio provoca um reforço positivo para o cérebro deixando a pessoa amada mais confiante. A atração física faz o seu cérebro disparar um arsenal de hormônios e neurotransmissores. O sorriso transmite para o cérebro que você está aberto para uma aproximação. E o beijo movimenta 34 músculos da face e aciona cinco dos 12 nervos da cabeça. Compreender e experimentar todas as fases do amor é fundamental para uma vida saudável e completa. Entenda como seu cérebro reage ao desejo, paquera, ciúmes, traição, separação, amor; e tome cada vez mais decisões eficazes em seus relacionamentos.

Condição Novo
ISBN 9788542209853
Academia de Inteligência
 
 

 
 
2000 caracteres restantes

 

Pode a Ciência explicar o amor? Dr. Fernando Gomes Pinto, neurocientista consultor do Encontro com Fátima Bernardes, explica o que acontece com o nosso cérebro quando estamos apaixonados. O instinto, o encantamento, a neuroquímica da paixão, o amor eterno; estes são alguns dos assuntos deste livro inspirador, inovador e repleto de neurodicas. Quanto tempo dura o amor? Atividade física pode melhorar o desejo sexual? Qual a importância da inteligência emocional? Quais são os efeitos da paixão no nosso corpo? Como esquecer um grande amor? Como controlar o estresse e a ansiedade? Durante a paixão o sistema de recompensa fica com mais dopamina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar. Um simples elogio provoca um reforço positivo para o cérebro deixando a pessoa amada mais confiante. A atração física faz o seu cérebro disparar um arsenal de hormônios e neurotransmissores. O sorriso transmite para o cérebro que você está aberto para uma aproximação. E o beijo movimenta 34 músculos da face e aciona cinco dos 12 nervos da cabeça. Compreender e experimentar todas as fases do amor é fundamental para uma vida saudável e completa. Entenda como seu cérebro reage ao desejo, paquera, ciúmes, traição, separação, amor; e tome cada vez mais decisões eficazes em seus relacionamentos.

05/09/2017