Detalhe Livro
Disponível

A Origem Do Prazer

David Linden

Descrição

Por que substâncias como a nicotina e a heroína são viciantes e o LSD não O que os restaurantes de fast food fazem para assegurar que os clientes comerão mais Por que comportamentos arriscados como jogos de azar são tão atraentes David Linden combina os mais recentes avanços da neurociência com exemplos divertidos para explicar os mecanismos por detrás dos comportamentos que entendemos como prazerosos e como eles podem se tornar compulsivos. Ele apresenta as bases neurológicas do prazer e mostra como funciona o pequeno aglomerado de neurônios que são responsáveis por processar as experiências como beber comer e fazer sexo e transformá-las em sensações prazerosas. Além disso esclarece como esse conhecimento pode nos levar não apenas a uma revisão de questões legais sociais e morais como também ao desenvolvimento de novos medicamentos e terapias que ajudem as pessoas a se livrarem de seus vícios. Uma análise esclarecedora provocativa e espirituosa sobre aquele que é um dos nossos maiores motivadores e sobre como ele pode (e deve) ser usado em nosso benefício.

Condição Novo
ISBN 9788535245271
Elsevier
 
 

 
 
2000 caracteres restantes

 

Por que substâncias como a nicotina e a heroína são viciantes e o LSD não O que os restaurantes de fast food fazem para assegurar que os clientes comerão mais Por que comportamentos arriscados como jogos de azar são tão atraentes David Linden combina os mais recentes avanços da neurociência com exemplos divertidos para explicar os mecanismos por detrás dos comportamentos que entendemos como prazerosos e como eles podem se tornar compulsivos. Ele apresenta as bases neurológicas do prazer e mostra como funciona o pequeno aglomerado de neurônios que são responsáveis por processar as experiências como beber comer e fazer sexo e transformá-las em sensações prazerosas. Além disso esclarece como esse conhecimento pode nos levar não apenas a uma revisão de questões legais sociais e morais como também ao desenvolvimento de novos medicamentos e terapias que ajudem as pessoas a se livrarem de seus vícios. Uma análise esclarecedora provocativa e espirituosa sobre aquele que é um dos nossos maiores motivadores e sobre como ele pode (e deve) ser usado em nosso benefício.

06/12/2015